Como Serão os Eventos ao Vivo Após a Pandemia?

abr 8, 2020, 00:50 by Alejandro Smith
Discutimos as três principais previsões que surgiram sobre como os eventos ao vivo podem parecer após a pandemia.
Apresentação ao vivo na InfoComm 2019 | AVIXA Apresentação ao vivo na InfoComm 2019

Passar muito tempo em confinamento apenas realçou o fato de que não há substituto para a experiência emocional promovida por um evento ao vivo. No primeiro AVIXA Business Survival Exchange, realizado em 3 de abril, os profissionais do setor de eventos ao vivo tiveram a oportunidade de se conectar e compartilhar algumas das novas realidades enfrentadas pelas empresas do mercado audiovisual e o que o futuro pode trazer para esta indústria.

Representantes de diferentes empresas de todos os tamanhos concordaram: Eventos e reuniões presenciais voltarão, mas terão uma aparência diferente. A partir desta discussão, surgiram três previsões principais sobre como serão os eventos ao vivo após a pandemia.

Inicialmente, as reuniões serão locais e regionais

Teremos que esperar passar o clima de incerteza e o período de adaptação, quando for possível retomar as viagens e as restrições para ficar em casa forem relaxadas ou eliminadas. A realidade é que pessoas e empresas levarão em conta um número maior de aspectos antes de decidir viajar, aos quais deve ser adicionada uma diminuição lógica de orçamentos, o que significa que, quando os eventos ao vivo forem retomados, o foco estará voltado para o atendimento do público local e regional. As empresas também devem considerar que eventos, conferências e reuniões serão menores que o habitual.

Uma primeira visão sobre o interesse da participação em grandes eventos será percebida na resposta do público nos estádios esportivos, convenções políticas e eventos públicos similares pelo mundo. Mesmo no caso de a atividade recomeçar em agosto, é improvável que grandes orçamentos para a realização de produções corporativas de alto nível estejam disponíveis imediatamente, pois as empresas atualmente operam entre demissões, licenças de trabalho não remuneradas e estão adaptando seus modelos de negócios à realidade atual.

Eventos híbridos se tornarão a norma

Para conectar os participantes a apresentadores que estão distantes, é muito provável que os eventos híbridos combinando elementos presenciais e digitais se tornem a nova prática padrão. Vincular o ao vivo para alcançar um público remoto não é novo, mas a situação atual acelerou a adoção desse recurso. O que é realmente novo é a rápida adoção da presença do palestrante em todos os formatos de conteúdo on-line, de conferências e seminários a painéis de debate e discussões com um moderador.

A adaptação mais complexa será principalmente para os conferencistas, já que a maioria está acostumada a receber feedback direto de uma plateia ao vivo, então, aprender a transmitir as suas ideias e capturar a atenção de uma plateia remota através de uma câmera será um desafio até para os especialistas. Os influenciadores do YouTube dominaram essa prática; portanto, os participantes do AVIXA Business Survival Exchange recomendaram entrar em contato com eles para obter sugestões sobre os detalhes de seu trabalho, para compartilhá-los posteriormente com palestrantes e porta-vozes da empresa.

Mais transmissões remotas significam mais tempo de pré-produção

Conquistar uma audiência remota significa reconhecer que há menos atenção disponível. Os profissionais de eventos ao vivo precisarão gastar mais tempo planejando a narrativa da experiência a ser entregue ao público, incluindo o manuseio de muitos mais elementos gráficos do que o habitual. As empresas capazes de oferecer conteúdo e elementos de design gráfico digital atraente se destacarão muito mais no mundo dos eventos híbridos. Além disso, o tempo de ensaio deve ser considerado, pois o objetivo será que os palestrantes ajam com grande confiança para oferecer uma apresentação que flua naturalmente na frente da câmera.

Para empresas de produção que não fizeram a transição para as vendas experimentais, isso pode expor a necessidade de revisar o seu modelo de negócios e a política de preços, para que correspondam ao tempo extra de trabalho e pré-produção, essenciais para oferecer um excelente serviço em eventos experimentais.

Comece os preparativos agora

À medida que a pandemia avança, a AVIXA continuará reunindo a comunidade e compartilhando os recursos disponíveis para ajudar os profissionais do setor de eventos ao vivo a enfrentar essa nova realidade. Convidamos você a participar da conversa nas redes sociais (LinkedIn, Twitter, Facebook o Instagram), além de participar do nosso painel AV Insights.

AVIXA en Directo (em espanhol)
Cursos e apresentações semanais sobre vários tópicos ministrados por especialistas do setor AV Pro da América Latina e Espanha.

Junte-se aos mais de 2.000 profissionais AV que participaram nas últimas semanas. Você também pode ser o ganhador de uma afiliação Premium da AVIXA ou de um convite especial para as diferentes conferências da feira ISE 2021 (Integrated Systems Europe Barcelona). Realizaremos o sorteio todas as semanas.

Business Survival Exchange da AVIXA (em inglês)
Reserve um tempo todas as sexta-feira, às 11:00 (horário da costa leste dos EUA), para acompanhar o Business Survival Exchange, onde os membros do Conselho de Eventos ao Vivo da AVIXA se reúnem para discutir o trabalho realizado recentemente e como estão se preparando para o futuro de seus próprios negócios.

The Show Will Go On: Uma série para sobrevivência nos negócios do The Stimson Group (em inglês)
A característica particular de Tom Stimson é falar diretamente o que os profissionais do setor de produção ao vivo precisam ouvir hoje. No primeiro seminário on-line da série de oito semanas (todas as quartas-feiras às 14:00, horário da costa leste dos EUA), Stimson incentivou os empregadores a se planejarem como se não fossem receber novas ordens de serviço até agosto. Você poderá acessar todas as gravações anteriores e se inscrever para assistir a série.

Leia mais: : Recursos imediatos para profissionais de eventos ao vivo