Conheça Jorge Toledo e Carlos Cavalcante, os mais recentes CTS-D do México e do Brasil

jul 23, 2019, 20:11 by Alejandro Smith
Entrevistamos Jorge L. Toledo Patrón, Coordenador de Design e Treinamento do Grupo ACT - Assessores e Consultores em Tecnologia S.A. de C.V., o mais recente CTS-D (e o primeiro CTS-I e CTS-D !) do México.
CTS-D Banner | AVIXA

Por mais de 30 anos a AVIXA tem gerenciado o programa “Certified Technology Specialist™ (CTS®)”, reconhecido mundialmente como a principal credencial para profissionais audiovisuais. Existem atualmente mais de 12.000 detentores de CTS em todo o mundo. E agora, quase 2.000 profissionais possuem uma credencial especializada CTS-D (projeto) ou CTS-I (instalação). Conheça Jorge Toledo, o mais recente CTS-D (e o primeiro CTS-I e CTS-D!) do México, e Carlos Magno Cavalcante, CTS-D do Brasil.

Há mais de 30 anos, a AVIXA tem gerenciado o programa CTS, reconhecido como a principal credencial profissional de AV. Existem três credenciais CTS disponíveis: Geral (CTS), Projeto (CTS-D) e Instalação (CTS-I). Existem atualmente mais de 12.000 CTS no mundo e mais de 2.000 deles possuem CTS-D ou CTS-I.

Entrevistamos Jorge L. Toledo Patrón, Coordenador de Design e Treinamento do Grupo ACT - Assessores e Consultores em Tecnologia S.A. de C.V., o mais recente CTS-D (e o primeiro CTS-I e CTS-D !) do México. Conversamos também com Carlos Magno Cavalcante, Coordenador de Pré-Vendas da Seal Telecom em São Paulo e LatAm, e agora CTS-D, para entender um pouco de suas histórias e como foi o processo de obtenção desta importante certificação.

Jorge L. Toledo Patrón Jorge L. Toledo Patrón
Carlos Cavalcante (L-R): Nelson Baumgratz, Carlos Magno Cavalcante

AVIXA: Por favor, conte-nos sobre sua carreira na indústria AV e como você chegou à sua ocupação atual.

Jorge Toledo: Quando era estudante na Universidade, fiz alguns estágios em audiovisual e, posteriormente, trabalhei na Universidade Virtual na parte de videoconferência, recepção via satélite, gravação, etc. Depois, para terminar meu Mestrado, reencontrei um amigo da Universidade, e com a idéia de começar uma empresa iniciamos nossas operações em Monterrey, México, com o apoio da empresa do meu tio, a ACT Telecomunicações. Desde 2003 eu me concentrei na parte técnica e de engenharia, especialmente no desenvolvimento de soluções e sistemas de integração. Atualmente estamos trabalhando dentro da empresa para aperfeiçoar a equipe de projetos e engenharia, além da implementação de um sistema de formação interna para que a ACT continue sendo a líder que é hoje.

Carlos Cavalcante: Trabalho na indústria AV desde 1990, tendo passado pelas áreas de varejo, indústria e integração, nesta última por cerca de 20 anos. Como integrador, tive a oportunidade de atuar em todas as fases de projeto, da concepção ao suporte, em clientes dos mais variados portes e seguimentos.

AVIXA: Conte-nos o que você mais gosta de trabalhar na indústria de AV?

Jorge: Eu gosto especialmente de grandes projetos, onde temos que integrar a parte de Áudio, Vídeo e Controle, bem como usar novas tecnologias como Áudio e Vídeo 4K sobre Ethernet ou Streaming nesses projetos. Eu gosto de inovar e desenvolver soluções diferentes ou muito especializadas. Sou apaixonado por tudo isso, e também gosto de transmitir minha experiência e poder treinar os novos colegas que entram na empresa.

Carlos: A indústria de AV é desafiadora e prazerosa por ser pioneira em tecnologia e também por nos dar a oportunidade, como fornecedores de um insumo necessário a todas as áreas de produção e conhecimento, travar contato com as mais diferentes indústrias, o que é uma experiência muito gratificante.

AVIXA: Qual tem sido A sua motivação para buscar a certificação CTS-I e CTS-D? E como foi sua preparação?

Jorge: Eu decidi ter os dois, já que no início dos primeiros projetos eu tinha que estar nas instalações, cabeamente, fazer conectores, suporte em montagens, depois me dediquei mais à parte de projetos, e particularmente sempre gostei de fazer as coisas da forma mais profissional possível, então decidi ter as duas certificações. Minha preparação foi com o tempo para ambas, realmente no último ano de validade da primeira certificação CTD-I foi quando comecei a estudar para a CTS-D. Apoiei-me muito nos livros oficiais, estudando as normas técnicas, os materiais on-line da AVIXA e muito da minha experiência prática também.

Carlos: A indústria AV passa por um momento de profissionalização cada vez maior no Brasil, e a certificação CTS-D é uma ferramenta importante para o reconhecimento da expertise profissional, o que já acontece com outras especializações, como o gerenciamento de projetos. Quanto à preparação, minha principal fonte de estudos específica para o exame foi o livro “CTS-D Exam Guide”.

AVIXA: De que maneira ter conquistado a certificação CTS-D tem mudado a sua carreira?

Jorge: Começamos a implementar processos baseados nas melhores práticas e ensinamentos das certificações da AVIXA. Ter uma certificação CTS-D e CTS-I nos dá a responsabilidade de oferecer um trabalho de qualidade aos nossos clientes, aos nossos funcionários. É muita informação importante que está gradualmente sendo integrada em nossos processos em várias áreas da empresa.

Carlos: Minha certificação é bastante recente, mas já noto grande reconhecimento por colegas de empresa e de outras empresas. As expectativas são de que, no futuro próximo, a certificação agregue reconhecimento e credibilidade junto aos clientes e colegas de outras disciplinas.

AVIXA: Poderia detalhar um pouco mais sobre os benefícios em ter a Certificação CTS?

Jorge: Claro, os benefícios diretos foram instalações melhor planejadas com falhas mínimas, comunicação mais eficiente com os clientes e outros participantes do projeto, documentação clara nos projetos, melhoria em nossos tempos de serviço e, acima de tudo, na solução de tickets de serviço mais rapidamente. Reconhecimento de fornecedores para ter essas certificações, clientes transnacionais que nos procuraram diretamente graças a essas certificações, facilidade em atender grandes projetos e com requisitos baseados em padrões.

Carlos: Como a certificação foi obtida muito recentemente, não é possível ainda quantificar os benefícios, mas a expectativa é bastante promissora tanto na minha carreira profissional, quanto na qualidade dos trabalhos que vou entregar aos meus clientes.

A certificação demonstra seu compromisso de ser o melhor no campo audiovisual e com sua empresa, além de outras vantagens. Obtenha mais informações sobre a acreditação CTS clicando aqui